terça-feira, 12 de setembro de 2017

PNAIC visa zerar analfabetismo nos anos iniciais

  Nesta semana, ocorreu o lançamento do PNAIC (Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa), para os professores da Rede Municipal de Ensino de Rio Negrinho. O Pnaic é um compromisso assumido pelos governos Federal, Estado e dos Municípios, para garantir que todos os estudantes dos sistemas públicos de ensino estejam alfabetizados, em Língua Portuguesa e em Matemática, até o final do 3º ano do ensino fundamental, além reduzir a distorção idade-série na Educação Básica, melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e contribuir para o aperfeiçoamento do desempenho dos professores. Para isso, os professores da Educação Infantil e dos Anos iniciais passarão por capacitações nos próximos meses.
O lançamento ocorreu no Centro de Excelência Evaristo Stoeberl, e contou com a presença do prefeito Julio Ronconi, do vice Roberto Albuquerque, da secretária de Educação Darli Frota Tandalo, e da coordenação Local Cléa Fiamoncini, formadora da Educação Infantil Iliane Roeder, formadora dos Anos Iniciais Patricia Valério. A abertura contou ainda com a apresentação de alunos da escola Padre Claudio Longen, que participam de uma oficina de flauta.
A formação acontecerá de setembro a novembro, contando com os profissionais da Educação Infantil e do Ciclo da Alfabetização. Os profissionais do Distrito de Volta Grande também serão contemplados com o curso que acontecerá no próprio distrito. Conforme Clea, a formação continuada estabelece alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º (terceiro) ano do Ensino Fundamental. “Atendendo à Meta 5 do Plano Nacional da Educação (PNE) e conforme a Estratégia 5.1 em que exige uma visão sistêmica da educação. É um dos pilares para o alcance de outras Metas do PNE, em especial a de número 2, que determina Universalizar o Ensino fundamental de 9 (nove) anos para toda a população de 6 (seis) a 14 (quatorze) anos, garantindo que os alunos concluam essa etapa, até o último ano de vigência do PNE”, explica Clea.
Para o vice-prefeito, é fundamental a capacitação dos profissionais da Educação. “Quando temos um professor dedicado, que é estimulado via capacitações continuadas, sabemos que a Educação ocorre de melhor forma”, frisou Roberto. “Um país sem Educação, não cresce”, arrematou ele. Conforme Julio Ronconi, é necessário dar a máxima atenção à Educação. “Esse programa além do benefício que traz para as crianças, beneficia toda a sociedade”, falou o prefeito, que destacou a necessidade de todos os responsáveis estarem envolvidos para que o sucesso possa ser alcançado. “Precisamos que todos abracem esse projeto, e temos certeza que isso vai refletir em nossas crianças”, destacou ele.

O programa possibilita que sejam definidos, para cada ano, direitos e objetivos de aprendizagem a serem alcançados e estratégias de acompanhamento especial, com atendimentos personalizados de recuperação e aceleração de estudos.







Nenhum comentário:

Postar um comentário