segunda-feira, 27 de abril de 2015

EMEB Frederico Lampe completa 40 anos

A Escola Municipal de Educação Básica Prefeito Frederico Lampe do bairro São Pedro em Rio Negrinho, comemorou 40 anos de dedicação e comprometimento com a educação. A data foi celebrada pelos alunos, funcionários e professores através de apresentações e homenagens a todos aqueles que passaram pela intituição.
Segundo a diretora da escola, Andreia Veiga, trata-se de um marco muito importante para a Frederico Lampe. "Foram quatro décadas de luta e compromisso com o ensino. Durante esse tempo, a escola conquistou uma série de metas em prol de uma educação de qualidade", destaca.

O professor de educação física Francisco Schiessl também fez história no comando da instituição por três anos e meio. "Foi uma honra lecionar e dirigir esta escola. Tenho certeza de que aprendi muito mais do que ensinei". afirma. Para ele, a escola destaca-se por ter sido pioneira no Programa Mais Educação, do governo federal. "Fomos a primeira instituição de ensino da cidade que ampliou a jornada escolar, fazendo com que os alunos pudessem estudar em tempo integral", conta, lembrando que o bairro São Pedro contribuiu muito para o desenvolvimento da escola. " Temos sorte de ter pessoas participativas e acolhedoras ao redor da instituição. Isso faz a diferença", diz.



HISTÓRIA
Em 1952 foi inaugurada a Escola Isolada Municipal Dona Francisca, do Km 106, no Bairro São Pedro. A primeira professora a lecionar na instituição foi  Jacira Simões da Maia. Muitos alunos e funcionários passaram pela escola, como Luzia Tureck Garcia , Lourival de Souza Freitas, Beth de França, Joana Pereira e Reinate Zipperer.
O novo prédio escolar foi inaugurado no dia 31 de março de 1975, na gestão do então prefeito Nivaldo Simões de Oliveira.
Na época, o nome também alterado para Frederico Lampe, escolhido em homenagem ao primeiro prefeito de Rio Negrinho, que governou a cidade entre  1954 e 1959.
No início, apenas  75 alunos formavam turmas de 1ª a 4ª série, orientados pela  diretora e professora Arice Cassimira dos Santos. Com o desenvolvimento do bairro, em 1990 houve a necessidade de expandir o atendimento escolar. Na época, a escola passou para o sistema básico, com educação infantil e ensino fundamental. Hoje a instituição conta com 413 alunos do 1º ao 9º ano e 45 funcionários.
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário