quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Prefeitura analisa proposta do SESI para educação a distância de jovens e adultos

A conversa no gabinete do prefeito Alcides Grohskopf, nessa terça-feira, 16, ficou em torno da educação, melhor ainda na oportunidade dos jovens e adultos que não puderam concluir seus estudos concluírem a distância. A chamada Educação A Distancia- EAD foi uma proposta inovadora apresentada pela gerente da educação do Serviço Social da Indústria de Santa Catarina- SESI, Sandra Margarete Ferreira de Freitas, da gestora de educação do SESI Adriana Wiatek, e da diretora regional do SESI Rozane L. Zemann ao prefeito Alcides e a Secretária Municipal de Educação Anita M. Raschke.
A proposta apresentada pelo SESI é a Educação de Jovens e Adultos -EJA, voltada a jovens e adultos que não puderam concluir seus estudos. Agora, com a modalidade a distância proporciona ao trabalhador da indústria, do comércio a oportunidade de elevar sua escolaridade. O aprendizado pode ser utilizado nas diferentes relações cotidianas, dentro e fora do ambiente de trabalho. O programa é realizado pelo Sesi,  com foco para o Ensino Fundamental e Ensino Médio.
O aluno deverá cursar o Ensino Fundamental por 24 meses e o Ensino Médio por 18 meses para solicitar a certificação. Após a conclusão dos estudos, recebe o certificado com validade nacional e direito ao prosseguimento de estudos. Trata-se de educação à distância, com a utilização de DVDs e livros, com conteúdos dos Ensinos Fundamental e Médio, possibilitando aos jovens e adultos, por meio de metodologia inovadora, a formação de competências cognitivas, habilidades básicas e atitudes de cidadania, exigidas pela sociedade contemporânea. A proposta é que o aluno tenha aula presencial apenas uma vez na semana.
“Com uma proposta pedagógica que se apoia nos princípios de ensino contextualizado, oferecemos a parceria com nossa metodologia de ensino e o corpo docente do SESI os quais fazem parte da proposta”, falou a diretora do SESI Rozane L. Zermann. O valor a ser investido pela prefeitura é de R$ 3.600 mensal por turma de ensino. O prefeito elogiou a ideia. “É claro que precisamos incentivar o EJA, e essa modalidade a distância é inovadora tem tudo para dar certo”, destacou o prefeito Alcides.


Nenhum comentário:

Postar um comentário